Cesul
Faculdade de Direito Francisco Beltrão

Sem reciclagem, advogados não mais terão condições de atuar na Justiça do Trabalho

Muito tem se falado sobre a Reforma Trabalhista, que entrará em vigor no dia 11 de novembro. São inúmeras as dúvidas, tanto dos empregados quanto dos empregadores. Em razão disso, o Cesul - Centro Sulamericano de Ensino Superior - iniciou o Curso sobre Reforma Trabalhista, dividido em quatro módulos, com professores renomados nacionalmente, para esclarecer os principais tópicos desta reforma. O primeiro módulo foi realizado nos dias 22 e 23, na instituição. 
A primeira aula foi ministrada por Raphael Miziara, professor e advogado em Teresina (PI), que abordou os principais impactos da Reforma Trabalhista no Direito Material do Trabalho. 
"São muitas dúvidas que estão surgindo. Fiz uma introdução e abordei pontos relevantes, como a aplicabilidade ou não das novas regras aos contratos que estão em curso. Debatemos, dentre outros assuntos, sobre as mudanças introduzidas no instituto da prescrição, verificando o prazo de que o trabalhador dispõe para ajuizar uma ação e examinamos as férias, sobre o que existe muita controvérsia. As pessoas falam muita coisa, ouvem versões e divulgam sem saber se realmente é correto. É necessário pesquisar, informar-se, assistir a vídeos, ler artigos e matérias relacionadas ao tema. Há muito conteúdo de qualidade na internet, que pode ajudar a entender a nova lei e a esclarecer as dúvidas, tanto de trabalhadores quanto dos empresários". 
A organizadora e coordenadora do curso, professora e juíza do Trabalho dra. Ilse Marcelina Bernardi Lora, salienta a importância da matéria e a preocupação do Cesul de colocar à disposição dos interessados o curso de atualização: "A amplitude das mudanças exigirá a reciclagem de todos os profissionais. Se isto não acontecer, advogados não mais terão condições de atuar na Justiça do Trabalho, contadores, administradores e empregados de Recursos Humanos das empresas poderão causar sérios prejuízos aos empregadores e aos empregados, fomentando ainda mais os litígios trabalhistas. Através do curso de atualização, o Cesul pretende viabilizar a preparação destes profissionais, permitindo que atuem com segurança e presteza".

Diversificação de alunos
Dr. José Vinícius Rocha, um dos participantes do curso, é juiz titular da Vara do Trabalho de Palmas (PR). "Resolvi fazer este curso do Cesul porque considerei que era o que tinha a programação mais completa e o melhor corpo docente dos que estavam disponíveis nas proximidades da região em que atuo. A julgar pela primeira aula, as expectativas foram totalmente satisfeitas. O professor Raphael é extremamente didático e responsável e estava muito bem preparado para a aula. Todos nós, operadores do Direito, temos o dever de aperfeiçoar nossos conhecimentos, sobretudo na área em que atuamos. Esta reforma foi ampla e tocou em pontos muito sensíveis à relação capital/trabalho. Também determinou mudanças profundas na área processual".
A contadora Lúcia de Fátima Silva Shimosaka, de Palmas, está empolgada com o curso. "Sou contadora e bacharel em Direito, mas atuo como contadora. Avalio a primeira aula de forma positiva. O professor é excelente. Abordou os temas de maneira clara e precisa. Tinha dúvidas em relação à nova convenção coletiva. Ficou claro como proceder a partir de 11 de novembro".
Opinião semelhante foi manifestada por Maria Roseli Silveira Telles, da Ghelplus, de Ampere. "O nível da primeira aula foi altíssimo. O professor mostrou-se muito capaz. Sou gerente de RH e preciso trabalhar com segurança as questões trabalhistas." Saí da aula com minhas dúvidas resolvidas sobre os assuntos que foram examinados".

Data: 2017-09-10      Fonte: Jornal de Beltrão
Voltar

Programas e Financiamentos

Fec Prouni Fies

Conecte-se

@DireitoCesul

Cursos e Eventos Vestibular

CESUL - Centro Sulamericano de Ensino Superior
® Todos os direitos reservados 2015 - 2016.

Contate-nos


Conecte-se


@DireitoCesul

CESUL - Centro Sulamericano de Ensino Superior
® Todos os direitos reservados 2015 - 2016.