Cesul
Faculdade de Direito Francisco Beltrão

Cesul promove atualização sobre a reforma trabalhista

No dia 11 de novembro, entraram em vigor as alterações legislativas promovidas pela Lei nº 13.467/17, começando a valer a tão discutida reforma trabalhista. Devido à grande repercussão do tema, o Cesul - Centro Sulamericano de Ensino Superior ofereceu curso de atualização presencial, dividido em quatro etapas (dias 22 e 23 de setembro, 29 e 30 de setembro, 27 e 28 de outubro e 17 e 18 de novembro de 2017, para debater e explicar as principais mudanças, com a presença de professores renomados: desembargador Carlos Henrique Bezerra Leite, autor de diversas obras de Direito do Trabalho e Processo do Trabalho; juiz do Trabalho Mauro Schiavi, igualmente autor de obras de Processo do Trabalho; advogado e consultor jurídico Raphael Miziara; e juiz do Trabalho e diretor cultural da Anamatra9, Rodrigo da Costa Clazer.
A organizadora e coordenadora do curso, professora e juíza do Trabalho dra. Ilse Marcelina Bernardi Lora, comenta que os profissionais que não se atualizarem estarão fora do mercado de trabalho: "A amplitude das mudanças exigirá a reciclagem de todos os profissionais. Se isto não acontecer, advogados não terão condições de atuar na Justiça do Trabalho, contadores, administradores e empregados de Recursos Humanos das empresas poderão causar sérios prejuízos aos empregadores e aos empregados, fomentando ainda mais os litígios trabalhistas. Este curso foi oferecido para proporcionar capacitação a todos que direta ou indiretamente precisam conhecer e aplicar a legislação trabalhista no seu dia a dia. E ficamos felizes, pois houve expressiva participação, o que demonstra o interesse dos profissionais de Francisco Beltrão e região pelo aprimoramento de suas qualificações".
Quem conduziu a última etapa do curso foi o desembargador Carlos Henrique Bezerra Leite, que possui vasto conhecimento e reconhecida experiência na área. O professor abordou os principais efeitos da Reforma Trabalhista no Processo do Trabalho. Ele falou com profundidade sobre a nova legislação, intercalando os assuntos jurídicos com músicas cuja letra reflete o momento vivenciado no país. O professor cantou "Que País é Esse", do grupo Legião Urbana, e "Ideologia", de Cazuza. "É muito importante que haja uma correta interpretação desta reforma. Essa é uma fase de conhecimento e o curso auxilia bastante. Vai surgir mercado de trabalho, pois se buscará mais o acesso à justiça, o trabalhador vai continuar reclamando seus direitos em conformidade com a nova legislação. É necessário analisar três pontos da nova lei: a justiça, a validade e a eficácia. No próximo ano iremos trabalhar juntos aqui um novo módulo, focando o Direito Material, que foi alvo de profundas alterações", disse dra. Ilse.
Participaram advogados, contabilistas, economistas, administradores, bacharéis em Direito, trabalhadores lotados no setor de Recursos Humanos e acadêmicos de Direito que já haviam cursado as disciplinas de Direito do Trabalho e Processo do Trabalho. 
A advogada Edinara Sari Possatto, especialista em Direito do Trabalho, enfatizou a importância do curso. "Foi extremamente válido para todos pelo fato de terem sido analisados mais a fundo os pontos principais da reforma trabalhista. Este é um tempo de busca, de aprendizagem e de desafios em razão das mudanças. As incertezas, próprias deste momento de transição, exigem atitude. É preciso agir com muita garra e determinação para conquistar aquilo que se almeja", comentou Edinara.

Data: 2017-11-24      Fonte:
Voltar

Programas e Financiamentos

Fec Prouni Fies

Conecte-se

@DireitoCesul

Cursos e Eventos Vestibular

CESUL - Centro Sulamericano de Ensino Superior
® Todos os direitos reservados 2015 - 2016.

Contate-nos


Conecte-se


@DireitoCesul

CESUL - Centro Sulamericano de Ensino Superior
® Todos os direitos reservados 2015 - 2016.