Cesul

Imprensa Notícias

Cesul organiza curso sobre sistema eleitoral brasileiro e estadunidense

  • Google Plus
  • Pinterest
Publicado em

Atividade de extensão explanou sobre os sistemas eleitorais brasileiro e norte-americano.

Momento em que o professor Leomar Rippel explica sobre o sistema eleitoral nos Estados Unidos da América.

Momento em que o professor Leomar Rippel explica sobre o sistema eleitoral nos Estados Unidos da América.

Entre os dias 16 e 21 de novembro, o Cesul realizou um curso de extensão tratando sobre diferenças e semelhanças entre o sistema eleitoral brasileiro e o dos Estados Unidos da América.
O referido curso – aberto ao público, mas focado aos acadêmicos – foi organizado e conduzido pelo professor Leomar Rippel. “O curso foi realizado de forma remota, com aulas síncronas e assíncronas.
Sabe-se que a política e as eleições, no Brasil, geram debates em múltiplos âmbitos sociais, sob diversos aspectos, mas poucos entendem o sistema norte-americano.
Nesse sentido, trabalhamos no curso os dois sistemas eleitorais que elegem os cargos eletivos: no Brasil, que é o sistema proporcional e majoritário, e sobre os sistemas eleitorais nos Estados Unidos da América focamos mais nas eleições presidenciais, que são realizadas em etapas: as prévias e a eleição presidencial em si.
Explanamos que lá o sistema e a constituição dos colégios eleitorais diferenciam-se do nosso – sendo que cada Estado tem o seu sistema – ou seja, são feitas as primárias, os caucus e outras ações diferentemente daqui”, comentou Rippel.
Os alunos acompanharam as aulas através de vídeos gravados e aulas ao vivo, tendo vários artigos e conteúdos extras como auxílio. Ao fim de cada aula, realizavam exercícios e no encerramento houve síntese desses sistemas eleitorais, além de análise histórica, econômica e política sobre o desenvolvimento do sistema eleitoral dos dois países.

Alunos aprovaram
Participaram acadêmicos do Cesul e de outras instituições, que aprovaram a iniciativa. “O que chamou mais a minha atenção é que no sistema eleitoral brasileiro o voto é obrigatório e através de urnas eletrônicas, conseguindo computar os resultados em poucas horas.
Já, no sistema eleitoral americano o voto não é obrigatório e o resultado pode demorar até semanas para sair. Gostaria de falar também o quanto o professor Leomar se dedicou em suas explicações e atividades propostas.
O curso não foi cansativo e foi muito produtivo. A temática chamou muito a atenção, fez com que interagíssemos mais com o conteúdo apresentado”, comentou Ketllyn Felipe de Souza, acadêmica do 8º período de Administração.
Cecilia Tomazini cursa o 5º período de Agronomia, na UTFPR de Pato Branco, e gostou do conteúdo estudado. “Discutir política virou um tabu. Então ter o privilégio de participar de um curso que abordou o tema, foi de grande importância para mim. Acredito que deveríamos ter mais cursos assim para que as pessoas compreendessem cada vez mais o que é política e como ela se faz no Brasil e no mundo”.

  • Google Plus
  • Pinterest

46. 3524 4242 | contato@cesul.br
Av. Antônio de Paiva Cantelmo, 1222 - Centro
Francisco Beltrão - PR