Cesul

Imprensa Notícias

Júri Simulado com os acadêmicos do primeiro período de Direito do Cesul

  • Google Plus
  • Pinterest
Publicado em

Cinco homens ficam longo tempo isolados numa caverna. Sem alimentos, decidem sobreviver alimentando-se da carne do corpo de um deles. Aí vem o julgamento.

Alunos do período matutino que participaram do Tribunal do Júri.

Alunos do período matutino que participaram do Tribunal do Júri.

Visando proporcionar um aprendizado prático da teoria estudada em sala de aula, o Cesul (Centro Sulamericano de Ensino Superior) realizou, com os alunos do primeiro período de Direito, um júri simulado. A atividade foi coordenada pela professora Roseli Michaloski Alves, coordenadora do Curso de Direito, que leciona a matéria de Introdução ao Estudo do Direito. Foram três apresentações nos períodos matutino e noturno.
A simulação é tradicional com os alunos do primeiro período, trabalhando sempre o caso dos exploradores de cavernas. A obra é de Lon Fuller, um caso hipotético de cinco homens que, devido a um desmoronamento, ficam longo tempo isolados numa caverna. Sem alimentos, decidem sobreviver alimentando-se da carne do corpo de um deles. Depois de algum tempo, quatro são resgatados, presos e julgados.
Os alunos se dedicaram ao máximo na preparação e interpretação. A satisfação deles em participar era evidente. “Foi muito bom. Fui o promotor que, juntamente com dois assistentes de acusação, tinha como função acusar os quatro réus. A defesa foi muito bem apresentada e fez do Júri uma discussão tanto sobre ética quanto sobre a legislação. A experiência do primeiro júri traz uma ideia do que, provavelmente, teremos de enfrentar no futuro, além de instigar o interesse pela boa argumentação”, destacou o acadêmico Arthur Wilmsen Alves, do período matutino.
Anna Mª. Lunardi Gerber, também do período matutino, ficou feliz com o trabalho apresentado. “O Júri ajudou muito a turma visualizar a parte prática do Direito porque, até então, só tínhamos visto a teoria em sala. Encenei a esposa do falecido. Foi muito legal, parecia real, que estávamos fazendo de verdade aquilo. Incorporamos muito bem os personagens. Até quase rolou uma briga entre acusação e defesa porque alguns demonstravam estar levando para o lado pessoal. Mas, claro, era encenação. Achei ótimo, foi muito educativo, incrível essa experiência.”
A professora Roseli destaca o alto nível das apresentações. “A partir do conflito entre duas correntes filosóficas do Direito, juspositivismo e jusnaturalismo, os acadêmicos apresentaram muito bem os três júris simulados. A atividade atingiu plenamente seu objetivo: compreender o Direito como uma ciência social aplicada. Os acadêmicos aprovaram a atividade, demonstrando significativo interesse nas teses da acusação e da defesa”.

  • Google Plus
  • Pinterest

46. 3524 4242 | contato@cesul.br
Av. Antônio de Paiva Cantelmo, 1222 - Centro
Francisco Beltrão - PR